Desculpa Se Te Chamo de Amor - Federico Moccia -

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Que garota no auge da sua adolescência nunca ouviu falar desse tipo de historia amorosa: A aluna que se apaixonada pelo novo professor boa pinta de matemática.

Se você nunca passou por esse tipo de dilema amoroso nos seus anos dourados de teenager, com certeza já ouviu falar de alguma história semelhante envolvendo aquela sua antiga colega de classe ou até mesmo uma amiga mais próxima.

Já está comprovado que viver amores platônicos nessa idade é normal. Mas quando o príncipe deixa o reino da fantasia para passear de mãos dadas com a dona do sonho, a história vira assunto de gente grande, cercada por polêmicas.

E é mais ou menos nesse embalo que o autor Federico Moccia nos apresenta a história de Niki e Alex, em seu livro Desculpa se te chamo de amor.

Digo “mais ou menos” porque a história de amor em questão não se trata do amor de uma adolescente pelo seu professor, mas de uma garota prestes a completar 18 anos que se apaixona loucamente pelo mais famoso publicitário da Itália.

A nossa protagonista Niki tem 17 anos, e está no último ano do ensino médio. Alex tem 37 anos, e é um famoso e renomado publicitário. Eles vivem em ambientes completamente diferentes e provavelmente jamais se encontrariam. Mas por obra do destino, eles literalmente colidem.

Niki e suas amigas Érica, Olly e Diletta se autodenominam as Ondas. As quatro amigas são unidas, fortes, divertidas e imprevisíveis. Érica namora Giorgio há uma eternidade, Diletta é certinha e bem comportada e ainda não encontrou o amor, Olly é um furação que acredita que as experiências de vida são para serem vividas e aproveitadas ao máximo. Nick terminou com o DJ Fabio Fobia e tudo o que quer agora é encontrar a felicidade e se apaixonar intensamente.

Alex está noivo de Elena. Sua vida é perfeitamente acomodada e organizada, alguns sonhos deixados para trás como consequência da maturidade, da vida, do relacionamento. Seus amigos já são casados, suas irmãs já têm filhos e ele sonha com os seus. Até que Elena o abandona sem nenhuma explicação e sua vida certinha desmorona.

E é ai que tudo acaba, ou melhor, tudo começa...Em uma manhã ensolarada Alex que dirigia em um enorme engarrafamento na cidade de Roma atropela Niki com seu mercedes e a moto dela vai parar no conserto. Então Niki pega o celular de Alex para acertarem tudo e é ai que as confusões só começam na vida dos dois.

Niki liga para ele no meio de reuniões mandando pega- la na escola. Não importa o quanto ele diga que está ocupado; ela desliga na cara dele.

Depois leva-o para passear na cidade, agarra o braço dele, e diz que eles tem que passar mais tempo juntos para evoluir a relação.

As reações de Alex as propostas de Niki são impagáveis! - "O quê? Relação? Você só tem 17 anos! Eu apenas te atropelei!"

Niki entra na vida de Alex literalmente como um furacão e vemos o relacionamento dos dois progredir de forma gradual e quase imperceptível.

Nos deparamos também com algumas cenas hilárias, como quando um carro da polícia sai ao lado do carro dos dois na maior velocidade, e Niki põe a cabeça pra fora da janela e grita: “Onde vão com tanta pressa, cretinos??! "
Nem preciso comentar que depois dessa a polícia vai atrás deles né xD

Também não poderia esquecer de citar os personagens secundários que formam um grupo fascinante, tendo suas aventuras narradas até o final do livro. Os amigos de Alex são sensacionais, desde o amigo neurótico com a possível traição de sua esposa ao homem à beira de uma crise de meia idade, tentando se afirmar andando com garotinhas e carrões esportivos. Os colegas de escritório também têm vez, tendo Andrea Soldini como destaque, tentando sempre agradar o “chefinho” Alex e conquistar sua amizade.

A jovem que encontra o notebook de um homem desconhecido na rua e se apaixona por ele através do que encontra escrito nos arquivos do computador também possui uma história bela e extremamente rica.

Sobre a narrativa que da vida a história tenho que dizer que o autor Federido Moccia tem realmente uma forma diferente de “colorir” os seus personagens. Tenho que admitir que nas primeiras páginas, a leitura é um pouco enfadonha. A narrativa do livro é seu ponto mais crítico, causando tanto fascínio para alguns quanto estranhamento para outros.

De fato, na minha opinião a narrativa de Moccia atua de uma forma que não estamos habituados; suas frases curtas e poéticas são apaixonantes mas transmitem tanta leveza que parecem se desmanchar. Muitas histórias que se entrelaçam, causando alguma confusão no início da leitura, mas basta que Niki e Alex se encontrem em um improvável acidente de trânsito para nos prendermos à história sem conseguirmos mais largar até a última página.

Eu amei ler Desculpa Se Te Chamo de Amor. Foi o primeiro livro que li de Federico Moccia (Um dos maiores e marcantes escritores da atualidade na Itália e por toda Europa). Fiquei maravilhada com a destreza do autor em desenvolver um texto, tão reflexivo e verdadeiro. Tanto, que não me contive em anotar algumas frases e citações interessantes do livro.

Quanto aos seus personagens, são totalmente marcantes e singulares. Niki é completamente espevitada, otimista e cheia de vida. Eu adoro personagens que te fazem rir, te colocam realmente pra cima, com humor e um sorriso constante nos lábios...E Alex, um homem bem sucedido, que levou o fora da noiva, é um personagem lindo por fora e por dentro, apesar de algumas vezes ser um tanto ingênuo, achei ele muito verdadeiro e com uma serenidade que contagia! Com tudo isso Federico Moccia me surpreendeu, tornou-se um dos meus autores favoritos e Desculpa Se Te Chamo de Amor foi um dos livros mais deliciosos que já li nos últimos tempos. Recomendo totalmente ;)

Deixo abaixo alguns dos trechos da sedutora narrativa de Moccia para você também se apaixonar:

“Alex acaricia docemente os cabelos de Niki e os afasta do rosto. Depois sorri para ela. E canta novamente “Espero muito que você seja sincera”... e a beija. Um beijo lento, macio, que quer falar, serenamente dizer tudo, muito, demais. Tenho vontade de me apaixonar, Niki, de amar, de ser amado, tenho vontade de sonhar, quero construir, quero certezas. Trate de entender. Necessito esquecer tudo o que aconteceu nesses vinte anos que passei sem você. Será que um beijo sabe dizer tudo isto? Depende de quanto sabem ler os lábios que o recebem.”

" Niki sorri. Então se vira e o beija, com aquela boca que tem sabor de amor, como uma menina pequena caprichosa que procura por um beijo e sabe que vai encontrá-lo. Alex pega o rosto dela entre as mãos e a olha nos olhos. E mil palavras se trocam naquele seu olhar. Silenciosas, alegres, românticas, apaixonadas. Palavras escondidas, palavras que correm atrás das outras, palavras que pressionam para sair como um rio subterrâneo, como o eco longínquo de um vale apenas descoberto, como aquele alpinista que, com esforço, acabou de alcançar o pico de uma montanha e dali, sozinho, grita ao vento, às nuvens que o rodeiam, toda a sua felicidade. "


Link para baixar o livro Desculpa Se Te Chamo de Amor


Nota da autora da Resenha
:

O autor Federico Moccia é italiano e tornou-se um dos maiores fenômenos literários na Europa com o seu livro de estreia Três Metros acima do céu. Na Itália também há continuação do livro Desculpa se te chamo de amor. Em Scusa Ma Ti Voglio Sposare, Niki e Alex vão dar mais um passo na vida, a caminho do altar. Esse segundo livro ainda não tem data de lançamento previsto aqui no Brasil mas a editora Planeta que tem os direitos dos dois livros já se prontificou que em breve teremos a tão aguardada continuação das histórias de Niki e Alex.

Outra curiosidade para quem leu ou quer ler o livro, é que Desculpa Se Te Chamo de Amor tem um filme adaptado do mesmo, que no Brasil ganhou o nome Lição de Amor. Ele é estrelado pelos atores italianos Raoul Bova e Michela Quattrociocche e foi dirigido pelo próprio Federico Moccia. Eu já vi e também recomendo!

Por Nathália Nóbrega
Trailer do filme "Lição de Amor":

16 comentários:

pequena on 30 de setembro de 2010 10:48 disse...

AI AGORA FIQUEI MORRENDO DE VONTADE DE LER E DE VER O FILME DEPOIS RSSSS

Saudade de vc miga, bjo!

Beatrice Petters Palace on 30 de setembro de 2010 13:17 disse...

tem o filme 2: Scusa ma ti voglio sposare
É completamente perfito; o único problema é que até agora não saiu a legenda...

Anac on 30 de setembro de 2010 17:55 disse...

Então, to doida pra ver o filme.
Deve ser mt bom. =P

H. Steiner' on 30 de setembro de 2010 18:05 disse...

NOOOOSSA, que história legal!
SHAHSDUAHDUSAHUSA
muito criativo! e imagino como deve ser linda *-*
fora que ajuda a parar com a velha polêmica da idade, né?
gostei muito, mas acho que só vou poder ler nas férias D: mas ao menos vou poder xD

-
aah, obrigada *-* e claro que pode pegar as fotos HSAUHDUSA
coloco com essa sendo uma das intenções ;)
putz, eu acho muito legal a ideia de ter um blog e tal, é meio que um diário.
mas quando passa a ter apenas desgraça, se tornar um horror --'

obrigada pelos elogios *-*
sabe que amo demais aqui, né?
ótimas sugestões SEMPRE (y)

Inercya on 1 de outubro de 2010 15:38 disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Inercya on 1 de outubro de 2010 15:43 disse...

Quando eu vi o tamanho do post de primeira, fiquei com preguiça de ler, mas fiquei curiosa com o título do livro, que achei muito original, e acabei me levando pela curiosidade. Nunca tinha ouvido falar nesse autor, então pra mim é novo. Mas com o que você escreveu (novamente a curiosidade no meio), me fez ter vontade de ler o tal livro. Parabéns pela resenha. Quem a lê com certeza vai ter vontade de ler o livro e assistir ao filme.

Ah, é de Recife? Primeira vez que eu encontro alguém da minha cidade por aqui. Fiquei super feliz em saber. :)
:*

Prixty on 2 de outubro de 2010 16:47 disse...

SAUDHASH sim, acho linda aquela lenda chinesa *-*
Ah sim, com o fim do ano chegando a escola tá pressionando muito. Mas e você? Tá gostando do trabalho? ^-^
Tipo, Um Litro de Lágrimas não é exatamente dramático nem trágico. Não no sentido de que as pessoas querem fazer assim. É considerado um dorama totalmente fiel à história de pessoas com degeneração espinocerebelar. Se tornou meu dorama preferido ^^
Ah ok, vou procurar a sinopse e colocar na lista dos doramas, obrigada *-*

Caaaara, antes de terminar de ler esse post fui procurar o livro no 4shared. Pena que o bluetoof daqui tá dando problema, aí nem consegui passar pro celular ç_ç
Gostei mesmo do enredo, já vou começar a ler *-*
Ahh vou procurar o filme também. To cheia de filmes pra alugar @_@
Obrigada por me apresentar a essa obra *-*

Monique Premazzi on 4 de outubro de 2010 14:40 disse...

Eu nunca vivi um amor por professor nenhum, deve ser porque nunca tive professores homens, só depois de um tempo e eram bem velhos, tipo podiam ser comparados com um avô meu. Mas eu adoro histórias desse tipo, deu vontade de ler agora!

Adorei aqui *-*
Desculpa a demora para responder, ok? Estou tendo problemas com criatividade.
xx

Anônimo disse...

Oiii Nathália!!!!

Que bom que vc apareceu no meu "cantinho"!
Meu endereço provisório hihihi.
Não desisti do meu blog não, só não tenho tempo pra me dedicar a ele e ao outro blog que escrevo com amigos, ao mesmo tempo.
O tumblr é estranho mesmo é um meio blog, meio flickr... e não tem como mesmo me deixar comentário lá, só msg como vc deixou.

Bom se vc estiver com saudades dos meus textinhos, entra no www.sazonitos.wordpress.com que dá pra comentar palpitar,etc ;)

Ameiii a dica do filme! Acho que ando vivendo um dileminha amoroso como esse do livro hahahha

Vou procurar o livro e o filme, pra ontem!!!

beijosssss

www.vivosemrímelll.tumblr.com
www.sazonitos.wordpress.com

alineXXX

• Murillo Japa on 5 de outubro de 2010 11:50 disse...

Dando uma visita :D
Legal o seu texto .

Bjs :*

Thechocolat on 4 de fevereiro de 2011 08:14 disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Thechocolat on 4 de fevereiro de 2011 08:16 disse...

Eu ja li , e a partir desse momento as minhas melhores amigas passaram a ser as "onda"!
Que amor *.*

your.sweet_666 on 12 de fevereiro de 2011 14:16 disse...

Eu assisti hoje. é muito bom .

Belezocas by Nah Moraes on 16 de março de 2011 16:40 disse...

menina
confesso que nao me envolvi aindaaa. comecei a gostar realmente foi qd eles se encontraram. mas achei meio confuso td antes...entao a menina que achou o notebook nao é nikki? affffffffffffffff
quem ééé?
é de outro nucleo?
"ela foi até o fim" esta aqui na lista tb. ganhei mas quero acabar "desculpa..."
se vc diz q melhora depois...vou me empolgar jaaaaaa!
adorei um blog q fale tanto assim de livros.
vc ja leu "os homens com quem nao me casei?" e o melhor "um giro de amor do centro do mundo"?
bjooss
vou seguir vc e salvar aqui
rss
adorei
bjoos

Belezocas by Nah Moraes on 16 de março de 2011 16:44 disse...

n consegui seguir :( tento na proxima

Anônimo disse...

Meus parabéns pelas execuções dos dois filmes já visto em toda história brasileira para aqueles que acreditam na existência de um amor único verdadeiro buscam uma lógica por seus fundamentos a sair a encontrar sua alma gêmea em busca deste ser que lhes completam obrigada pelas percussões dos filmes e de sua persoazão como criadores

Postar um comentário

 

Copyright © 2009 Grunge Girl Blogger Template Designed by Ipietoon Blogger Template
Girl Vector Copyrighted to Dapino Colada