Bonequinha com Diamantes

quarta-feira, 30 de junho de 2010

Um verdadeiro romance urbano contado de forma mágica, cheio de delicadeza e sentimentalismo.
O ano de lançamento do filme foi 1961, originalmente rodado em preto e branco e recentemente colorizado em uma versão digital.
Bonequinha de Luxo, estrelado pela famosa atriz Audrey Hepburn, é um dos clássicos que ninguém pode deixar de ver. A história foi escrita originalmente em 1958 pelo famoso escritor e jornalista norte-americano Truman Capote, virando filme logo em seguida.
Além de muito romantismo, o filme tem um ar luxuoso, muito elegante e só podia ser rodado em uma cidade como Nova York.

E para demonstrar esse mundo de glamour, a protagonista Holly Golightly abre o filme com a cena da personagem apreciando a vitrine da Tiffany's.
Cena essa que foi considerada um clássico do cinema, bem como uma das últimas cenas que fecha o filme onde Holly procura seu gato em um beco sob forte chuva.

Holly é uma garota de programa de luxo que mora sozinha em seu apartamento tendo como companhia apenas o seu gato.
Ela sempre toma seu café da manhã em frente à joalheria Tiffany’s sonhando com os diamantes que poderá ter quando for rica, o que se torna mais evidente em seu título original Breakfeast at Tiffany’s.
Se eu encontrasse um lugar de verdade que me fizesse sentir do jeito que me sinto na Tiffany’s, eu compraria alguma mobília e daria um nome ao gato”, frase de Holly em uma das passagens do filme.

Ela tem a doçura e meiguice de “bonequinha” e a sensualidade selvagem e envolvente de uma mulher. É impossível não simpatizar com Holly, porque ela é extremamente simpática e meiga, mesmo que pense em dinheiro e aja em função dele o tempo todo.
Como disse acima Holly só pensa em dinheiro e não faz questão de esconder que gosta da riqueza, mas o mais interessante é que isso não faz dela uma mulher esnobe, pelo contrário, a simplicidade que ela possui a qual contradiz seu gosto pela riqueza, apenas acrescenta mais simpatia a ela.

Outro ponto interessante é o desapego material que ela tem, algo estranho se formos pensar em pessoas que vivem em função do dinheiro e cultuam as aparências. Seu apartamento quase não tem mobília e seus pertences ficam jogados pelo chão.
Na sala há apenas um sofá que é uma banheira cortada ao meio com almofadas coloridas.

O telefone fica escondido dentro de uma mala e a mascara de dormir tem o formato de pálpebras fechadas com longos cílios purpurinados.
Seus sapatos espalhados por toda casa termina de dar um clima divertido e ao mesmo tempo contraditório com os ideias da nossa protagonista.

No entanto os planos de Holly de tornar- se rica começam a mudar quando ela conhece Paul Varjak, um jovem escritor que acaba de se mudar para o apartamento ao lado.
Paul é sustentado pela amante, e assim que conhece Holly e a vida que leva ele a compreende perfeitamente começando assim um princípio de amizade e carinho entre os dois.

O relacionamento deles é abordado de maneira inteligente: não vemos um amor tórrido, mas encontramos mais companheirismo e amizade entre eles.
Para o escritor não interessa tudo aquilo que interessa a todos os outros homens que andam ao redor de Holly, uma verdadeira boneca de luxo. Por isso mesmo, pelo desinteresse carnal que ele manifesta, Holly confia-lhe a sua amizade.

Cenas inocentes e hilárias, como o passeio a joalheria Tiffany´s onde os dois procuram um presente barato, de apenas 10 dólares; ou a cena onde Holly e Paul roubam de uma loja duas máscaras de criança apenas por diversão; e o momento em que Holly descansa sobre o colo de Paul marcam a amizade entre os dois. O gigolô inevitavelmente se transforma quando passa a conviver com Holly, redescobrindo nas pessoas e na vida a inocência e o amor.
Devo dizer que esse sim é um grande clássico que ninguém pode deixar de assistir. Uma historia encantadora de uma mulher, louca por uma loja. O filme busca seu passado que ninguém imagina que foi como foi. Um filme com um elenco maravilhoso, a protagonista a famosa Audrey Hepburn.

Uma autentica comédia romântica no seu estilo mais clássico.

Comentários e Curiosidades

Bonequinha de luxo foi ganhador de dois oscars, melhor trilha sonora para a canção Moon River de Johnny Mercer e Henry Mancini (Feita especialmente para Audrey Hepburn cantar em uma das passagens do filme), e melhor direção de arte e figurino (O destaque vai para o vestido preto longo e justo em que Audrey aparece vestida apreciando a vitrine da Tiffany's).
Esse mesmo vestido foi feito pelo estilista francês Hubert Givenchy, e foi costurado sob medida para a própria Audrey especialmente para o filme. O vestido ficou eternizado como: o pretinho básico, e posteriormente virou um clássico da história da moda, entrando para o hall dos vestidos mais desejados desde 1961 até os dias de hoje.

E foi por meio deste mesmo vestido que o estilista Givenchy mostrou a que veio. Ele virou o estilista pessoal de Audrey Hepburn e a partir de Bonequinha de Luxo continuo confeccionando todos os vestidos e figurinos da atriz em seus filmes. Givenchy geralmente a classificava como “um ideal de elegância e uma inspiração”.


Algumas homenagens a Audrey Hepburn:

Um shopping em São Paulo, em parceria com o Senac, preparou uma exposição intitulada "80 anos de Audrey Hepburn".

A mostra contou com criações inspiradas nos figurinos de suas personagens nos filmes "A Princesa e o Plebeu" (1953), "Sabrina" (1954), "Cinderela em Paris" (1957) e claro, "Bonequinha de Luxo" (1961).


Celebridades incorporando Audrey Hepburn:

A capa da última edição da revista Harper's Bazaar é uma homenagem à Audrey Hepburn. A atriz Natalie Portman aparece vestindo o famoso tubinho preto criado por Givenchy para o filme “Bonequinha de Luxo”. Muito parecida com a “bonequinha” original, Natalie incorpora perfeitamente a personagem de Hepburn do lendário longa-metragem.

A personagem Blair Waldorf de Gossip Girl, é fã de um dos filmes da atriz, “Bonequinha de Luxo” tanto no livro quanto na série de TV. Por essa razão, todos os figurinos da personagem são inspirados em Audrey Hepburn.
Paris Hilton tentando encarnar Hepburn. (Sem comentários...)

Vinte modelos Europeias desfilam pelas ruas de Milão com figurinos inspirados em Audrey Hepburn.

Natalia Guimaraes, ex Miss Brasil, encarnando Holly de Bonequinha de Luxo.

Modelo encarnando Audrey Hepburn na Vogue.


No ano 2000 foi lançado o filme The Audrey Hepburn Story, uma homenagem a Audrey que gerou críticas da mídia e o desagrado dos fãs, devido à escolha da atriz Jennifer Love para o papel principal.

Mini Perfil de Audrey Heburn

Audrey Kathleen Ruston, mais conhecida como Audrey Hepburn, nasceu na Bélgica, no dia 4 de maio de 1929. Filha de um banqueiro britânico com uma baronesa descendente de reis ingleses e franceses a atriz ganhou fama mundial ao interpretar a personagem Holly em Bonequinha de Luxo. Hepburn também estrelou outros filmes que se tornaram clássicos, como "A Princesa e o Plebeu" (1953), “Sabrina” (1954), “Guerra e Paz” (1956), “My Fair Lady” (1964).

Audrey foi considerada, a príncípio, uma garota "alta, muito magra, de pés excessivamente grandes para se tornar uma estrela". Mas mesmo vivendo na época em que as baixinhas, de curvas generosas, pés miúdos e olhos claros imperavam, ela soube usar os seus "defeitos" como seus dons e conquistar o mundo com seu lindo rosto, sua elegância e seus profundos olhos castanhos.

Hoje a atriz é considerada além de uma das divas do cinema um dos maiores ícones fashion, e é usada como referência pelos “fashionistas” quando se trata de “alguém com estilo”.

Audrey Hepburn faleceu em 20 de janeiro de 1993, aos 63 anos.

Dicas da autora do post:

Minha dica vai para a coletânea que ganhei com os 9 maiores sucessos da Audrey Hepburn. Nove filmes que viraram clássicos do cinema e da história da moda. Vale muito a pena conferir para quem gosta dos grandes clássicos. (A venda na Livraria Cultura)





E para encerrar o post vai uma imagem com os lindos acessórios que a Audrey usou no filme Bonequinha de luxo...
Eu amei todos e vocês?! xD


Por Nathália Nóbrega

15 comentários:

Thata Ferrer on 1 de julho de 2010 08:13 disse...

ola parece ser uma classico inequecivel
ainda nao tiver oporuniade de ver
mas fique super curiosa!!


vou te linkar
visite meu blog
http://bijusemakes.blogspot.com

bjus

Monique Premazzi on 1 de julho de 2010 12:48 disse...

TOTALMENTE DIVA AUDREY *-*

Si on 2 de julho de 2010 10:58 disse...

NATHÁLIA,
SENSACIONAL o blog e a matéria. PARABÉNS pela criatividade e originalidade!!! Reflete seu empenho, bom gosto e extrema competência!
Desejo-lhe toda felicidade e sorte!!!
Um grande abraço,
SI

Fernanda Reis on 2 de julho de 2010 16:16 disse...

Não canso de ver esse filme, adoro ver o quarto da Audrey, e os sapatos, o sofá, tudo! Clássico do cinema e da moda.
Adorei o post flor, parabéns.

H. Steiner' on 2 de julho de 2010 17:53 disse...

nossa!
que luxo HSUAHSUAHSUA

ain, também fico com saudades daqui *-*

Prixty on 4 de julho de 2010 07:38 disse...

ASUDAUSHDA, né isso? Alguns mangakás são verdadeiros filósofos xD
Eu também tava com saudade... você sumiu de novo DDD:
Pois éee, fiquei tão feliz quando vi seu blog no google, kkkkk
Eu to bem, e você? :D
Er, na verdade, to em recesso, porque duas semanas não são férias... ^^'
VOCÊ SE FORMOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOU! QUE LIIIIIIIIIINDOO *-*
Qual o nome da revista? :D
Mas é isso mesmo, não pare de estudar e continue sempre conquistando novos sonhos. Isso é que é o bom da coisa ASUDHAUSDA
Er, mas eu to pensando em mudar esse layout... não ficou como um dos meus preferidos :S
Mas enfim, to pensando nisso ainda.
Ah, eu acabei de assistir dois doramas: Hana Yori Dango (1 e 2) e LIFE *-* Tipo, eu não gostei muito do início de LIFE, mas chega num ponto em que a coisa melhora e fica muito bom. Já ouviu falar?
Ah sim, qualquer coisa faz um post sobre seus melhores animes e doramas, tipo um "Catálogo da Nathália" *-* UASHDUAHSUDHAS
O Haitou? Sério? Faz tempo que não olho, por causa de uns animes e doramas que to pegando com uma amiga, aí nem to baixando muito... :x
Mas espero que volte logo...

Ah! E trate de não desaparecer de novo :D

SAUHDASUDASDHUAS gostei do sofá dela! Só olhando muuuuuito bem que a gente percebe que é uma banheira :O
CAAAAAAAARA, amei essas roupas o_o Não foi à toa que ganhou o Oscar de melhor figurino... ._.
Deu vontade de assistir, mas deve ser bem difícil encontrar nas locadoras daqui ):
Enfim, post muito lindo *-*
Ótima semana pra você e não desapareça de novo ><
:**

Anônimo disse...

Oi Nathália! Tudo bem contigo?

Que bom que reapareceu e com um post super fofo da Audrey Hepburn!
Fiquei contente em saber que vai ser minha "companheira" de profissão.Espero que você se apaixone pela moda assim como eu e o Henrique somos apaixonados!

Quer dizer que anda apaixonadinha pela e-music? Eu sou suspeita pra falar pq amo e-music desde da minha aborrecência (eu ouvia Prodigy junto com BSB), obrigado pela dica, mas Prodigy, Chemical Brothers são alguns dos meus ícones de e-music ;)

O duo do meu post é antigo (de 2002)e é da época em que o drumnbass bombava!

Quer uma dica cool? Ouve Gui Boratto, DJ brasileiro que faz um minimal incrível, eu amo!

Não some não!
p.s: continuo fotográfa de festa infantil, casamento e batizados!

muahh

aline

Tatiana Fiore on 4 de julho de 2010 17:30 disse...

Olá! Amei este post!! Simplesmente sou uma grande fã da bonequinha de luxo! O filme é demais e sem contar a atriz né?

Boa semana

http://espacoparamulheres.blogspot.com

BeautyBr! on 5 de julho de 2010 06:56 disse...

Oiii!
Obrigada por nos seguir, te seguimos tbm! ^.^
Bom, os sorteios eu vejo nos blogs mesmo, qdo surge algum eu já logo participo. =D
Tive sorte, já ganhei 3 desde q comecei a participar.
Beijinhos!!

AlÊ
http://beautybr.blogspot.com

Kel ♥ on 5 de julho de 2010 10:59 disse...

muuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuito chique seu post.
meu Deus
morrendo de inveja aqui
quero os acessórios, roupas, AH! muito lindos :)
*-*
amei amei

tempão mesmo haha

coooom certeza eu fui ver na estreia! muito bom *-*
obg pela visita querida =D
aqui tá lindo, como sempre! *---*

=*

Anônimo disse...

Aiiiiii....
Nathália, adoreeeeeeeei seu blog e esse post é meu S-O-N-H-O!
Muuuuuuiito fofooooo!!! rsrsrsrsrrsrs
Como eu queria ter o dinheiro, roupas, joias e a vida da Audrey.
E pra completar um namorado super romântico, escritor de belas poesias que NUNCA me olhasse como todos os homens que me rodeiam me olham... Homem bom é aquele que não tá nem ai pra nada só, pois assim sobra mais tempo pra se preocupar comigo. Hauahuahuah
Uma versão moderna do Paul Varjak talvez (poético, aventureiro e sonhador... arrrrrr). kkkkkkk

Você parece ser tão romântica... Já vivesse alguma história assim?
Já gastasse dinheiro que nem uma louca ou namorou um poeta?
Como eu queria viver uma história de filme. *_*


Sintia.

Anônimo disse...

Adoooorooooo gente fútil!! kkkkkkk
Que romantismo é esse menina??!!
Cansei de homem inteligente!
Cabeça vazia e bolso cheio. Assim paga mais e pensa menos!!
Arrasou Nathália!!
Blog mara.


Sabrina

Agência PSD Designer Ltda. on 16 de dezembro de 2010 17:11 disse...

LEGAL TEU BLOG... TO SEGUINDO.. SEGUE-ME

LUCRE COM SEU BLOG:
www.psdesigner.com.br/entretenimentos

Seu blog é divulgado aqui após cadastrar-se

SIGA-NOS:
www.psddesigner.blogspot.com
OBRIGADO....

febowill on 21 de abril de 2011 19:02 disse...

keep posting like this it’s really very good idea, you are awesome!

paxil

Sara Louise on 21 de dezembro de 2011 22:00 disse...

A Audrey sem sombra de duvida é uma grande influencia pra mim, mesmo nem sendo nascida na época do seu estrelado, sei a importância dela na moda e no mundo fashion.

Postar um comentário

 

Copyright © 2009 Grunge Girl Blogger Template Designed by Ipietoon Blogger Template
Girl Vector Copyrighted to Dapino Colada