A Mediadora

terça-feira, 5 de maio de 2009


Suzannah Simon, mais conhecida como Suze, é uma jovem como outra qualquer. Bem, quase... Ela tem um “pequeno” segredo: é uma mediadora. Mediadores são pessoas capazes de ver e se comunicar com os mortos, tendo como função resolver as pendências deles na Terra e ajuda – los a descansar em paz. Um dom um tanto incomum para ser divido com outras pessoas, exceto ao Padre Dominic que também é um Mediador e diretor geral da instituição que ela estuda. O padre Dom, como é chamado por Suze é o único mediador que conhece, mas agora ela sabe que também há outros pelo mundo, escondidos em suas vidas sombrias. Suzannah se mudou para a Califórnia logo após o casamento da sua mãe, decidindo sair de Nova York e morar numa antiga casa com três meios irmãos na ensolarada cidade. É na Califórnia que passa a acreditar em seu chamado e começa a ajudar os espíritos atormentados, além de conhecer outros mediadores. Entre os dois mundos, Suze se apaixona pelo espírito chamado Jesse. Ela o conheceu no seu quarto. Na realidade, Jesse morreu 150 anos nesse mesmo cômodo e não pretende sair. Apesar das diferenças eles dividem o quarto amigavelmente, mesmo que Suze esteja sempre torcendo para que não seja tão amigável assim. Jesse é um espírito jovem, bondoso e acima de tudo, um gato. Mas é inatingível. Não apenas por estar morto. Aparentemente, ele não sente qualquer atração por Suzannah. Apesar de todos os problemas normais de uma jovem, um é só seu: os espíritos não a deixam em paz. E ela tem até uma queda por um deles.

Um misto de suspense, comédia e romance, a mediadora é uma série de seis livros, criada pela autora best-selling Meg Cabot. Nessa série, Cabot assina seu nome com o pseudônimo Jenny Crroll. Um hábito bastante utilizado pela autora, tendo ela usado pseudônimos mais de uma vez. A série A Mediadora virou best seller e seus direitos foram vendidos para a Disney. Quem sabe uma adaptação cinematográfica já esteja sendo produzida... Estamos na torcida. A mediadora esta sendo veiculada no Brasil pela editora Galera Record.
Por Nathália Nóbrega

5 comentários:

Scarlett O`Hara on 5 de maio de 2009 16:17 disse...

Puxa, Natalia que legal vc ser jornalista! Eu quando mais nova pensei em seguir nesse caminho, pois sempre gostei de ler e escrever e tenho uma tendencia a ser muito questionadora, o que no mundo normal é complicado, rsrs.
Já vinha pensando em ler A mediadora, mas sua dica me ajudou a decidir. Formaturas infernais também estava no meu alvo. O problema é que esses romances/contos em sua maioria são vividas por adolescentezinhas. Kd as mulheres de 20 e poucos ou 30 vivendo romances assim?!
Tem a Sookie e as bruxas de Anne Rice, mas os últimos são só teen... aff
Enfim, vamos continuar trocando, ok?
Um grande abraço!

Kessey Cullen ♥ on 5 de maio de 2009 17:31 disse...

Oi! Obrigada pela visita!
É, também gosto muito de toda a série e concordo que o filme poderia ter sido MUITO melhor. Entre um e outro, também fico sem dúvidas com os livros. Virei sua seguidora, de vez em quando passo aqui pra ler as resenhas!
Seu blog está lindo, meus parabéns!

Já li a série A Mediadora também, sou apaixonada pelas histórias da Meg. Muito boa, mas ainda acho que poderia haver uma continuação... Sou uma leitora inconformada às vezes!
Obrigada de novo pela visita!
Beijos :*
Raquel Rodrigues ;)

Anônimo disse...

Oi Natália!
Obrigado pela visita e de ter gostado do Blog!
Confesso que está em fase de aprimoração e experimentação ainda!Estou treinando meu lado "jornalistico" escrevendo nele!
Seu blog é muito legal também!Já tá linkado nos meus favoritos!
Você tem ótimas dicas de livros e isso muito me interessa!

Beijoaparecesempre!!!

xxAlinè-www.estampadodechita.blogspot.com

Anônimo disse...

oi gente... eu to lendo a mediadora e sem duvida é fantastico! concordo q deveria ter uma continuaçao, apesar de ainda faltar um livro para eu acabar a serie... vcs já perceberam o tanto q a historia se parece com o best-seller de stephenie meyer, crepusculo? até o nome do ultimo livro da serie a mediadora se chama crepusculo... to torcendo com vcs para q saia o filme, mas tomara q seja com personagens de verdade e n desenho animado. engraçado um dos comentarios q diz q deveriam ter romances de mulheres mais velhas, sem duvida é um assunto a ser pensado... eu gosto mt de escrever, quem sabe um dia desses eu n possa fazer o tal romance? achei realmente uma boa ideia... bjos

Anônimo disse...

Ola,meu nome é Talita ^^
e cheguei aki por sorte, tava a procura de uma
coisa e achei outra *-*
muito legal a materia sobre o livro a mediadora, tava precisando ler alguma coisa ^^
ta ai a decisao, vou ler, me pareceu bem sombria a história, oq muito me agrada
bjus e parabens pelo blog

Postar um comentário

 

Copyright © 2009 Grunge Girl Blogger Template Designed by Ipietoon Blogger Template
Girl Vector Copyrighted to Dapino Colada